A Fazenda Luanda

A Fazenda Luanda teve o início de sua história no ano de 1971 quando Antônio de Pádua Martins recebeu de seu pai 35 vacas da raça Gir. Seu sonho sempre foi investir na genética do gado Holandês para quem sabe um dia a partir dessas mesmas vacas GIR chegar ao Holandês PO. Esse fato raro veio acontecer no ano de 2010 quando nasceu o primeiro animal Holandês PO originado de uma vaca GIR, isso tudo depois de 40 anos de investimento em genética da raça Holandesa. Em 1995 foram adquiridas 6 vacas PO com excelentes médias de produção e elevada pontuação na classificação para o tipo do rebanho de Ellos José Nolli, um dos mais premiados rebanhos do Brasil.

Desde o início, a Fazenda Luanda busca a melhor genética existente no mundo, utilizando no final dos anos 70 e início dos anos 80 touros PO filhos de Bootmaker e Astronaut. Já na metade dos anos 80 com o início da inseminação artificial na fazenda, esse banco genético ganha ainda mais qualidade com sêmen dos melhores touros Americanos e Canadenses. No início dos anos 2000 a Fazenda Luanda dá outro passo importante na evolução genética com a introdução da transferência de embrião (TE) e um pouco mais tarde a fertilização in Vitro(FIV).

Hoje o rebanho é 100% registrado com a maioria dos animais PO e o restante PC. As vacas em lactação são submetidas ao controle leiteiro oficial mensal e os animais paridos passam pela classificação Linear para tipo, serviços esses realizados pela Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais- ACGHMG.

A Média de lactação por vaca da Fazenda Luanda vem permanecendo entre os três melhores rebanhos acima de 100 vacas em lactação do estado de Minas Gerais realizados pela ACGHMG e divulgado no jornal mensal da Associação a vários anos.

No quesito conformação para tipo, a maior parte dos animais se encontram acima de 80 pontos, sendo que destes bom número classificados como MB (Muito Boa) e 1 animal classificado EX(Excelente).